Se tiver um acidente o que fazer ?

1- Obter os elementos de identificaA�A?o dos outros intervenientes a�� condutor e veA�culo a�� no local do acidente, e a existA?ncia de seguro, nomeadamente o nome da empresa de seguros e o nA?mero da apA?lice (desde Abril de 1995 que A� obrigatA?ria a colocaA�A?o, nos veA�culos, de um dA�stico contendo elementos que permitem identificar imediatamente a respectiva seguradora);

2- Identificar as testemunhas oculares (muito importante);

3- Se possA�vel, procurar acordo atravA�s do preenchimento, pelos dois condutores, da DeclaraA�A?o AmigA?vel de Acidente AutomA?vel, que deverA? ser assinada por ambos. A entrega deste documento nas respectivas empresas de seguros A� essencial para o funcionamento do sistema IDS a�� IndemnizaA�A?o Directa ao Segurado. Este sistema tem como finalidade acelerar a regularizaA�A?o dos sinistros, para melhor servir os utentes, possibilitando que cada tomador do seguro regularize o sinistro directamente com a sua prA?pria empresa de seguros. O sistema IDS aplica-se desde que estejam apenas duas as viaturas envolvidas no acidente, nA?o hajam danos corporais e os danos materiais dele resultantes nA?o sejam superiores a a�� 15.000. No preenchimento da DeclaraA�A?o AmigA?vel de Acidente AutomA?vel nA?o A� necessA?rio os intervenientes declararem-se culpados. NA?o havendo responsabilidade do condutor, nA?o resulta da declaraA�A?o qualquer agravamento do prA�mio. Cada condutor deve ficar com um exemplar para entregar na sua empresa de seguros.

4- No caso de impossibilidade da assinatura da declaraA�A?o amigA?vel ou sempre que haja danos pessoais, deve-se solicitar a presenA�a das autoridades policiais.

Como Proceder em caso de Sinistro ?

No Local do sinistro deverA? manter aA�calma, serA�cortA?sA�eA�objectivo.

Se apenas houver danos materiais

1. Quando do acidente resulte somente danos materiais nos veA�culos, devem os intervenientes preencher aA�DeclaraA�A?o AmigA?vel de Acidente AutomA?vel (DAAA), respondendo a todas as questA�es nela solicitadas, com particular importA?ncia na indicaA�A?o dos intervenientes, suas seguradoras, forma como ocorreu o acidente, assim como a indicaA�A?o de testemunhas. A participaA�A?o deve ser entregue A� seguradora o mais rA?pido possA�vel, sem ultrapassar os 8 dias apA?s a ocorrA?ncia do sinistro.

2. PoderA? dispensar a presenA�a policial (112), embora possa ser A?til nos casos de sinistros com gravidade ou responsabilidades nA?o assumidas.

3. DeverA? solicitar os dados de identificaA�A?o dos intervenientes no sinistro: Nome, Morada, Telefone, BI, Carta de ConduA�A?o.

4. DeverA? solicitar os dados referentes ao veA�culo: Marca, MatrA�cula, Companhia Seguros, NA?mero de ApA?lice. Verifique se os intervenientes no sinistro tA?m seguro vA?lido.

5. Identificar, sempre que possA�vel, testemunhas: Nome, Morada, Telefone.

Se existirem feridos

1. Quando do acidente resultem feridos, deve ser solicitada a intervenA�A?o da autoridade policial atravA�s do 112, para a elaboraA�A?o do respectivo auto de ocorrA?ncia.

2. O abadono do local do sinistro pode em alguns casos, constituir crime, a menos que se desloque para o Hospital.

3. DeverA? solicitar os dados de identificaA�A?o dos intervenientes no sinistro: Nome, Morada, Telefone, BI, Carta de ConduA�A?o.

4. DeverA? solicitar os dados referentes ao veA�culo: Marca, MatrA�cula, Companhia Seguros, NA?mero de ApA?lice. Verifique se os intervenientes do sinistro tA?m seguro vA?lido.

5. Identificar, sempre que possA�vel, testemunhas: Nome, Morada, Telefone.

Acidente com veA�culo de matrA�cula estrangeira

1. DeverA? exigir a presenA�a policial (112), para a elaboraA�A?o do respectivo auto de ocorrA?ncia.

2. DeverA? solicitar os dados de identificaA�A?o dos intervenientes no sinistro: Nome, Morada, Telefone, BI, Carta de ConduA�A?o.

3. DeverA? solicitar os dados referentes ao veA�culo: Marca, MatrA�cula, Companhia Seguros, NA?mero de ApA?lice. Verifique se os intervenientes do sinistro tA?m seguro vA?lido.

4. Identificar, sempre que possA�vel, testemunhas: Nome, Morada, Telefone.

5. Dirigir-se aoA�Gabinete PortuguA?s da Carta Verde.

Rua Rodrigues da Fonseca, nA?41 r/c, 1250-190 Lisboa
Tel:(351) 213 848 101/2
Fax:(351) 213 831 422
Email:aps@apseguradores.pt

Acidente com veA�culo sem seguro

1. Se o condutor responsA?vel pelo acidente estiver a conduzir sem seguro vA?lido, deverA? exigir a presenA�a policial (112), para a elaboraA�A?o do respectivo auto de ocorrA?ncia.

2. DeverA? solicitar os dados de identificaA�A?o dos intervenientes no sinistro: Nome, Morada, Telefone, BI, Carta de ConduA�A?o.

3. DeverA? solicitar os dados referentes ao veA�culo: Marca, MatrA�cula, Companhia Seguros, NA?mero de ApA?lice. Verifique se todos os intervenientes do sinistro tA?m seguro vA?lido.

4. Identificar, sempre que possA�vel, testemunhas: Nome, Morada, Telefone.

5. Nestes casos deverA? apresentar-se reclamaA�A?o aoA�Fundo de Garantia automA?vel

Avenida da RepA?blica, NA? 59/59A, 1050-189 Lisboa
Tel:(351) 217 913 500
Fax:(351)217 954189
Email:fga@isp.pt